Tuesday, January 23, 2018

Bestialidades

O bicho do caruncho foi acusado de assédio sexual: andava a comer a secretária...
("roubado" ao tuiteiro antoniosantos56)

Thursday, January 18, 2018

Estado assume mais buracos do Novo Banco

No dia internacional do riso (?!), esta história do Banco mau e do Banco bom - possivelmente mal contada - não é para rir.
Certo, certo é serem sempre os mesmos a pagar, ou seja, o Zé Povinho.

Embora o moderador seja algo suspeito, dadas as "calinadas" a que é atreito, vale a pena ver a entrevista na SIC Notícias, em particular a partir do minuto 30...

Tuesday, January 02, 2018

BOM ANO NOVO 2018

Eles andam aí...!
Ah, e quando forem votar, lembrem-se desta "teia"...

"O novo secretário de Estado António Mendonça Mendes é irmão da deputada e dirigente máxima socialista Ana Catarina Mendes. Esta, por sua vez, é casada com o antigo ministro Paulo Pedroso.
Uma ligação excepcional na política portuguesa? Infelizmente, não.
Este absurdo é o corolário lógico dum sistema político dominado por laços familiares.
No Governo, Parlamento e na alta administração pública, estamos cheios de casados, primos e cunhados. O ministro Eduardo Cabrita é casado com Ana Paula Vitorino, que também integra o Governo.
Já a secretária de Estado adjunta de António Costa, Mariana Vieira da Silva, é filha de outro Vieira da Silva o ministro da Segurança Social.
A titular da Justiça, Van Dunem, é casada com o ex-administrador da Caixa Geral de Depósitos, Eduardo Paz Ferreira.
A ex. ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, é filha de Alfredo José de Sousa, ex-provedor de Justiça.
Ainda no atual Executivo, temos o secretário de Estado Waldemar de Oliveira Martins que é filho de Guilherme Oliveira Martins, ex-presidente do Tribunal de Contas e atual presidente do Conselho Fiscal da Caixa; este, por sua vez, é cunhado de Margarida Salema, que preside à Entidade das Contas e Financiamentos Políticos; esta é irmã da deputada Helena Roseta, casada com o ex-ministro Pedro Roseta, que é cunhado do também ex-ministro António Capucho.
Elisa Ferreira, administradora do Banco de Portugal, é casada com Freire de Sousa que preside à Comissão de Coordenação do Norte.
No Parlamento, também os cargos políticos se congeminam no lar, o mais romântico será constituído pelo casal de deputados Teresa Anjinho e Ricardo Leite.
Na Assembleia da República, cruzaram-se, ao longo dos últimos anos, mais familiares do que numa ceia de Natal:
Luís Menezes, filho de Luís Filipe Menezes, Nuno Encarnação, filho do ex-ministro Carlos Encarnação, todos do PSD; e os deputados Candal, pai Carlos e filho Afonso, ambos do PS; a que se juntam Paulo Mota Pinto, filho do anterior primeiro-ministro Mota Pinto e da ex-provedora da Santa Casa da Misericórdia, Fernanda Mota Pinto; Clara Marques Mendes, deputada, é filha e irmã de dois outros Marques Mendes, António e Luís. António foi eurodeputado, Luís ministro e líder parlamentar; Teresa Alegre Portugal era deputada na mesma bancada do seu irmão, o histórico dirigente socialista Manuel Alegre
A consanguinidade reina no.Reino Político. Paulo Portas, ex-ministro e líder do CDS, é primo do todo-poderoso socialista Jorge Coelho.
O ex-secretário de Estado de Passos Coelho, João Taborda da Gama, é filho do socialista Jaime Gama, antigo presidente do Parlamento.
António Campos, ex-ministro, é pai de Paulo Campos, deputado.
O ex-ministro das Finanças Vítor Gaspar é primo do Conselheiro de Estado Francisco Louçã. E este é cunhado de Correia de Campos, presidente do Conselho Económico e Social e ex-ministro da Saúde.
A histórica presidente do Partido Socialista e ex-ministra dos governos de Guterres, Maria de Belém Roseira, é tia de Luísa Roseira, membro da Entidade Reguladora para a Comunicação Social.
Esta é uma lista interminável que se inscreve numa tradição que transitou do antigo regime. E que se manteve, transpondo - e suplantando até - a Revolução de Abril.
O ex-ministro da Cultura Manuel Maria Carrilho é filho de um governador civil de Viseu, nomeado pelo Governo de Salazar.
O presidente de Assembleia Constituinte da jovem democracia de Abril, Henrique de Barros, era cunhado do último chefe do Governo do velho fascismo, Marcelo Caetano. Em sua homenagem, o atual presidente da República herdou-lhe o nome. Marcelo Rebelo de Sousa é, ele próprio, filho de um ministro do Ultramar de Caetano.
E é neste quadro de sucessão dinástica que Portugal, uma arruinada República, mantém uma Corte decrépita, dominada por umas poucas dezenas de famílias que estão agarradas ao poder público e às benesses que este proporciona.
Para aceder ao poder, não será necessário grande consistência política ou ideológica ou sequer sentido de interesse público. Em primeiro lugar, o que prevalece, são os laços de sangue.
Afinal o que falta para Portugal se transformar em Monarquia?"
"Roubado" ao ماريو مارتينز, In facebook

Sunday, December 10, 2017

Frases soltas

AS PALAVRAS E EU

Gásto os dias a experimentar logares e posições para as palavras. É uma paciencia de que eu gósto. É o meu gôsto.
Tudo se passa aqui pelas palavras--todos os gôstos.
Collei algumas d'estas paciencias com palavras. São estas as palavras que trago aqui. Ainda não estão promptas--são pedaços de coisas, aqui e alli, como um rapaz novo, como uma rapariga nova. Como os cavallos quando ainda são petizes--vê-se já que se trata de um cavallo, mas tambem se vê que ainda não está concluido. As pernas cresceram mais depressa do que a espinha. A cabeça muito grande é que já está do tamanho em que ha-de ficar. Tudo se aguenta de pé provisoriamente--ainda não está prompto, vê-se perfeitamente que ainda não é tudo.
Agarrei uma mancheia de palavras e espalhei-as em cima da meza. Ficaram n'esta posição:

Almada Negreiros in "A invenção do dia claro"

Sunday, October 29, 2017

Frase do dia

Listen to the advice of older people. Not because they're right, but because they have the most experience being wrong

Tuesday, September 26, 2017

Morreu um homem bom

Nesta sociedade de "mastiga e deita fora" pouco realce foi dado à morte de D. Manuel Martins, bispo de Setúbal entre 1975 e 1998; um Homem que não tinha "papas na língua" e que incomodava frequentemente o status quo instalado. Sempre politicamente incorrecto, como agora se diz...
                               R.I.P.   20.01.1927 - 24.09.2017

D. Manuel Martins explicava que o chamavam de "Bispo Vermelho porque ocupava espaços de onde a igreja nunca devia ter saído". in TSF

Sunday, September 24, 2017

Friday, September 22, 2017

E assim damos as boas vindas ao Outono

Em 2017, o Equinócio de Outono, ocorre no dia 22 de Setembro às 20h02 (tempo universal), 21h02 em Portugal continental e na Região Autónoma da Madeira, e às 20h02 na Região Autónoma dos Açores. Este instante marca o início do Outono no Hemisfério Norte. Esta estação prolonga-se até ao próximo Solstício que ocorre no dia 21 de Dezembro às 16h28 em Portugal continental.
...

in OBSERVATÓRIO ASTRONÓMICO DE LISBOA

Sunday, June 18, 2017

Dia negro para Portugal

"Num ponto da situação às 19h do dia 18 de Junho de 2017, estão contabilizados 61 mortos, 62 feridos, 5 aldeias evacuadas, o incêndio de Pedrogão Grande mantém-se com quatro frentes ativas e o IC8 voltou a ser cortado."
TSF online, a notícia completa aqui
O perigo continua à espreita, pois passadas 24h o incêndio mais trágico da nossa história recente permanece incontrolável...
Decretados 3 dias de luto nacional.
No rescaldo desta tragédia, seria bom repensar com seriedade as políticas para o desenvolvimento do interior, em vez do tradicional (e repetido até à exaustão) bla bla bla de medidas de combate à desertificação. JÁ CHEGA de boas intenções!...